Residencial

Em sua grande maioria, os sistemas de compensação estão classificados como geração na própria unidade consumidora, o sistema de energia fotovoltaica é conectado a rede elétrica de sua residencia e a produção da energia solar excedente que não foi consumida é lançada como crédito pela companhia de energia de sua região e abatida em sua próxima conta de energia.

 

É instalado pela companhia no local um relógio bidirecional que mede a entrada e saída de energia.

 

É possível inclusive ser feito o monitoramento online do desempenho de seu sistema fotovoltaico. Também existe a possibilidade de o consumidor utilizar esses créditos em outras unidades consumidoras, localizadas em locais diferentes do ponto de geração, obrigatoriamente localizadas
dentro da mesma área de concessão.

1/3